Outono/Inverno. África é a tendência da vez.

Bisbilhotando alguns sites encontrei esta matéria. Acesse Bolsa de Mulher e veja a matéria completa.

 

A África é pop

Estampas e acessórios africanos inspiram a moda outono/inverno 2009

Por Liv Brandão • 02/04/2009

Os olhos da moda cada vez mais se voltam para o continente africano e fazem dele inspiração para várias coleções. Além da Índia, as tendências da moda apontam para outras etnias. Os desfiles do verão de 2009 no Hemisfério Norte e as coleções do inverno que se aproxima por aqui abraçaram o continente africano e toda a variedade de cores, estampas e texturas que em breve vão dominar as vitrines e as ruas.

30812

A principal marca a levantar a bandeira – ou as bandeiras – da África foi a Melissa. Batizada de Afromania, a nova coleção de calçados teve como musa inspiradora a artista Esther Mahlangu, da tribo Nbedele, da África do Sul. Vestindo-se de cores e estampas geométricas, Esther, de 75 anos, fez uma passagem pelo Brasil durante o último São Paulo Fashion Week para apresentar sua arte combinada com o tradicional modelo Ultragirl, que também ganhou versão com estampa animal. Adanna e nasceram com base nas pesquisas que a consultora Érika Palomino fez pelo continente especialmente para a Melissa. No mesmo embalo, a marca Jelly lançou seus acessórios em coleção coordenada com a Melissa e trouxe para as lojas os geometrismos e estampas que trazem bandeiras e ícones de animais típicos do continente, como rinocerontes e girafas, em uma leitura bem divertida e pop.

Os novos modelos foram batizados com nomes como Ashanti, Numa e

Para retratar a África na coleção que chega às lojas neste comecinho de outono, a grife carioca Sta. Ephigênia, de Luciano Canale, deixou o lugar-comum de lado e trouxe do continente os tons terrosos e adaptações dos colares e pulseiras da tribo Masai em acrílico, em uma coleção madura e adulta. Já a sempre jovem Cantão misturou as tendências étnicas da África com a de outros cantos do mundo para apostar nas estampas geométricas e coloridas, como manda o figurino do outro lado do oceano.

Pelo mundo, na última coleção de verão que apresentou nas passarelas de Paris, a grife Dior trouxe a inspiração que o estilista John Galliano buscou em suas viagens pela África. Apesar do desfile de alta costura, o lado rústico apareceu em colares de marfim, nos penteados em coque das modelos e, claro, nas estampas de píton, leopardo e tribais.

O japonês Junya Watanabe foi outro que se afastou de suas origens para desfilar a África em Paris. Do continente, Junya utilizou estampas de maçãs, folhas, onças e zebras, e o recorte de túnicas drapeadas e confortáveis.

Em Londres, o inglês Cristopher Kane aproveitou as cores fortes e o couro mesclados às estampas nada discretas de onça, zebra, girafa – para citar as mais óbvias – e de rostos de macacos de várias espécies.

No que apostar: neste inverno, para vestir-se de África, garimpe e recheie seu armário com as clássicas estampas animais, estampas geométricas, túnicas de algodão, mistura vibrante de cores, pulseiras coloridas e volumosas, colares que remetam às tribos africanas. Combine alguns destes elementos – não todos! – com roupas e acessórios mais neutros, para equilibrar a produção e dar um ar cosmopolita à roupa.

Liv Brandão .

Parabens Liv ! Adorei sua matéria !!!!

4 Respostas to “Outono/Inverno. África é a tendência da vez.”

  1. Maraaaaavilhoso, parabéns!

  2. adorei achei super lindooooooooo

  3. Amei as matérias.

    bjos

    Laci

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: